MENU

Consulado não tem informações sobre brasileiros em voo acidentado no Líbano

Consulado não tem informações sobre brasileiros em voo acidentado no Líbano

Atualizado: Segunda-feira, 25 Janeiro de 2010 as 12

O cônsul interino do Brasil no Líbano, Saulo Castro de Carvalho, diz que ainda não tem informações sobre se havia brasileiros ou não no voo da Ethiopian Airlines que caiu no mar com 90 pessoas a bordo logo após decolar de Beirute, nesta segunda-feira (25).

Carvalho afirma que o Consulado Geral não foi procurado por famílias brasileiras e que o governo libanês não entrou em contato com a representação diplomática:

''Ainda não temos qualquer informação sobre brasileiros neste voo. Estamos aguardando um comunicado das autoridades libanesas, pelo menos divulgando a lista de passageiros''.

Carvalho diz que é pouco provável que haja brasileiros envolvidos na tragédia. A rota que o avião fazia, entre Beirute e Adis Abeba, não é normalmente procurada por cidadãos do Brasil no Líbano:

''Dificilmente teremos vítimas brasileiras. De qualquer forma, estamos a postos para ajudar em qualquer eventualidade''.

O cônsul interino diz, ainda, que uma forte tempestade atingiu Beirute na madrugada desta segunda-feira:

''Houve muitos trovões, raios e chuvas. E isso pode ter sido só um reflexo de tempo ainda pior sobre o mar''.

Luis Eduardo Pedroso, conselheiro geral do Consulado do Brasil em Beirute, também diz que o tempo sobre a capital libanesa era muito ruim durante a madrugada:

''Foi uma tempestade muito, muito forte, como nunca vi durante os seis meses em que estou aqui''.

Informações iniciais das autoridades libanesas apontam que o avião acidentado, um Boeing 737-800, provavelmente caiu devido às más condições do tempo no momento da decolagem.

Até agora, equipes de resgate recuperaram dez corpos. Segundo a mídia local, a esposa do embaixador da França no Líbano estava no voo.

Ainda não há informações de sobreviventes.

Por Lucas Bessel

veja também