MENU

Contra serviço de imigração, hackers invadem site de polícia

Contra serviço de imigração, hackers invadem site de polícia

Atualizado: Sexta-feira, 24 Junho de 2011 as 9:17

O grupo de hackers conhecido por "Luls Security", que já havia atacado o site do Senado americano e derrubado o site da CIA conseguiu nesta quinta-feira (23) quebrar a segurança da página da polícia do estado americano do Arizona.  

Os responsáveis pelo ataque divulgaram em seguida na internet dezenas de documentos internos da polícia, alegando que se tratavam de papéis relativos ao controle da fronteira americana e à aplicação de leis.

A ação foi intitulada de "Chinga La Migra", maneira chula de se dizer, em espanhol, "dane-se o serviço imigração".

Foi liberado cerca de 0,5 Gigabite em arquivos, incluindo nomes de contas, senhas e informações de contato de diversas pessoas. A Reuters conseguiu entrar em contato com duas dessas pessoas e verficou que as informações eram verdadeiras.

Lei mexicana

O México aprovou no ano passado uma lei ordenando que a polícia cheque o status de imigração de qualquer pessoa suspeita de estar ilegalmente nos Estados Unidos.

A medida foi apoiada pela maioria dos americanos, mas gerou protestos de oponentes que alegaram que a lei era inconstitucional e geraria a perseguição de descendentes latinos nos Estados Unidos.        

veja também