MENU

Corte de Haia condena ex-chefe militar sérvio a pena de 27 anos

Corte de Haia condena ex-chefe militar sérvio a pena de 27 anos

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 10:38

O tribunal da ONU para crimes de guerra considerou o ex-chefe do Exército da Sérvia Momcilo Perisic culpado de assassinato, perseguição e ataque a civis na Bósnia e Croácia nos anos 1990, e condenou-o, nesta terça-feira (6), a 27 anos de prisão.

A corte responsabilizou Perisic, de 67 anos, por ter garantido apoio logístico e financeiro para os sérvios na Bósnia e na Croácia e de os ajudar a planejar e cometer crimes de guerra, incluindo a matança de 8 mil homens e meninos muçulmanos na cidade de Srebrenica e o cerco de 42 meses a Sarajevo.

Ele havia se declarado inocente em todas as acusações.

Momcilo Perisic (esquerda), espera na sala da Corte de Haia (Foto: Peter Dejong/Reuters)            

veja também