MENU

Crianças tinham aula na fortaleza de Bin Laden para manter segredo

Crianças tinham aula na fortaleza de Bin Laden para manter segredo

Atualizado: Segunda-feira, 9 Maio de 2011 as 3

Cerca de 16 crianças que viviam com Osama Bin Laden em seu esconderijo no Paquistão eram vigiadas cuidadosamente pelo líder da al-Qaeda, forçadas a estudar em casa e raramente podiam sair da casa, que se assemelhava a uma fortaleza.

Forças especiais dos EUA mataram Bin Laden durante uma invasão na cidade de Abbottabad, 50 quilômetros ao norte da capital, Islamabad, no dia 1º de maio. Investigadores paquistaneses que revistaram o complexo depois da operação norte-americana encontraram uma sala com uma lousa, que funcionava como escola domiciliar para as crianças.

Crianças paquistanesas brincam em frente ao sconderijo de Osama Bin Laden, em Abbottabad, no Paquistão (Foto: Asif Hassan/AFP)

  "As crianças não eram autorizadas a frequentar escolas das redondezas, para evitar que Bin Laden fosse rastreado", disse um agente de segurança paquistanês. "Eles [os moradores da casa] protegiam as crianças e as mantinham em segredo. Como se poderia imaginar, as crianças poderiam revelar alguma coisa", disse o agente, que se negou a ser identificado porque não é autorizado a falar com a imprensa.

O homem mais procurado do mundo passou quase dez anos vivendo escondido, depois de orquestrar os ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos, até ser localizado por agentes dos EUA.

Entre as pessoas detidas pelas autoridades paquistanesas após a invasão da mansão estão três das mulheres de Bin Laden --uma iemenita e duas sauditas. As duas sauditas têm alto nível de instrução --uma delas possui doutorado em direito islâmico, e eram elas que ensinavam as crianças, disseram os investigadores paquistaneses. Ainda segundo eles, quatro delas eram netas de Bin Laden.

Um dos filhos adultos de Bin Laden foi morto na ação norte-americana, juntamente com dois outros homens.

Vizinhos da mansão na periferia de Abbottabad ficaram chocados ao saber que Bin Laden vivia entre eles, mas alguns disseram que sua presença no local explicava o comportamento estranho dos moradores da mansão.

As crianças nunca saíam sozinhas para brincar com as crianças do bairro. Apenas ocasionalmente eram vistas caminhando até lojas das redondezas, mas sempre na companhia de um adulto, disseram vizinhos.

Autoridades de segurança do Paquistão disseram que, após o término da investigação, as mulheres de Bin Laden e as crianças serão deportadas para seus países de origem.      

veja também