MENU

Cristina Kirchner visita Dilma para avaliar relações com Brasil

Cristina Kirchner visita Dilma para avaliar relações com Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2011 as 9:03

A presidente Dilma Rousseff receberá nesta sexta-feira (29) a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, para uma reunião bilateral, em Brasília. As questões comerciais entre os países não serão os principais temas do encontro, mas, segundo o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, a visita será dedicada a avaliar as relações entre Brasil e Argentina.

“Questões comerciais encontram-se nos seus canais habituais já consolidados no diálogo que mantém o ministro [do Desenvolvimento] Fernando Pimentel com a ministra [da Indústria da Argentina] Débora Giorgi”, disse Patriota.     A última reunião bilateral entre as duas presidentes ocorreu em Buenos Aires, em 31 de janeiro deste ano. Patriota minimizou atritos comerciais entre Brasil e Argentina.

“Quando você tem uma relação comercial intensa, é natural que surjam situações que exigem atenção. É assim que acontece com qualquer relacionamento comercial bilateral da importância desta importância que temos com a Argentina”, disse o ministro.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o Brasil é o principal parceiro comercial da Argentina. Em 2010, o comércio entre as duas nações chegou a US$ 33 bilhões. O comércio de bens industrializados representa mais de 80% do intercâmbio. Na primeira metade de 2011, o volume do comércio cresceu 27% em relação a igual período de 2010, segundo dados do governo brasileiro.

Avaliação

Dilma deve receber a presidente argentina às 11h no Palácio do Planalto. Além do encontro fechado, estão previstas uma declaração à imprensa e um almoço.

“Será uma excelente oportunidade para fazermos uma avaliação aqui do percurso já transcorrido nesses primeiros meses desde que a presidente Dilma esteve em Buenos Aires”, avaliou Patriota.

No encontro, será instalado o Conselho Empresarial Brasil-Argentina, criado por ocasião da visita de Dilma à Argentina, em janeiro. O Conselho tem a missão de aproximar as comunidades de negócios dos dois países para debater questões como competitividade, desenvolvimento científico e tecnológico e estratégias comuns de inserção nos mercados internacionais.

Dilma e Cristina participaram juntas nesta quinta-feira (28) dos eventos de posse do presidente do Peru, Ollanta Humala , em Lima. No encontro bilateral no Brasil, não há previsão de assinatura de acordos entre as duas chefes de Estado.

Segundo o Itamaraty, será divulgado apenas um comunicado conjunto semelhante ao adotado na visita de Buenos Aires, que deve incluir uma avaliação dos passos tomados em uma série de áreas de cooperação bilateral, como espacial, nuclear, financeira e coordenação dentro do G20 – grupo formado pelas 20 maiores economias do mundo.

Inauguração

À tarde, Cristina Kirchner fará a inauguração da nova sede da embaixada argentina em Brasília. O evento terá a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No entanto, a presidente Dilma ainda não confirmou a participação.            

veja também