MENU

Dia de protestos cancela voos e trens na Grécia

Dia de protestos cancela voos e trens na Grécia

Atualizado: Terça-feira, 4 Maio de 2010 as 8:28

O novo dia de protestos convocado para esta terça-feira pelo sindicato dos funcionários públicos (Adedy) contra as medidas de austeridade do Governo da Grécia está afetando o tráfego aéreo, com dezenas de voos cancelados, e o transporte por ferrovia em todo o país, segundo informou o próprio sindicato.

Nesta terça-feira e amanhã, os hospitais públicos só farão atendimentos de urgência devido à paralisação organizada pelos médicos para reivindicar o pagamento de horas-extras.

Os serviços de ambulâncias e os servidores dos ministérios da Fazenda e da Alfândega também vão parar hoje, enquanto os funcionários das Prefeituras seguirão com os protestos pelo segundo dia.

Ao todo, foram cancelados hoje 118 voos no país, a maior parte nos aeroportos secundários, devido à greve dos funcionários civis da aviação.

Adedy convoca os filiados a apoiar ao meio de hoje (horário local) no centro de Atenas uma manifestação dos professores do Ensino Médio, que contínua uma greve de protestos iniciada ontem.

Cerca de 20 professores interromperam ontem à noite o canal estatal ''ERT'' para protestar pelas condições de trabalho impostas pelas medidas governamentais para sanear as finanças estatais e, após enfrentasse com as forças da ordem.

A greve dos funcionários se estenderá até amanhã, quando ocorre uma greve geral em todo o país convocado pelas centrais sindicais majoritárias.

Os sindicatos protestam contra as medidas de austeridade que o Executivo socialista quer impor para economizar 30 bilhões de euros durante três anos e reduzir o enorme déficit fiscal grego, que em 2009 alcançou 13,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

veja também