MENU

Dilma participa da posse de Ollanta Humala no Peru

Dilma participa da posse de Ollanta Humala no Peru

Atualizado: Quinta-feira, 28 Julho de 2011 as 9:24

Dilma durante recepção a Ollanta Humala em junho

no Palácio do Planalto (Foto: Roberto Stuckert

Filho / Presidência)

  A presidente da República, Dilma Rousseff, participa nesta quinta-feira (28), em Lima, no Peru, da cerimônia de posse do presidente Ollanta Humalla, eleito em junho do ano passado.

Apenas quatro dias após a eleição, o nacionalista peruano se reuniu com a presidente Dilma , em Brasília, e afirmou que os programas sociais brasileiros são um “modelo” para seu governo.

“É o primeiro país que estamos visitando na condição de presidente eleito, e a mensagem é que o Brasil é sócio estratégico, sócio importante. [...] Reconhecemos que o Brasil é um modelo exitoso que obteve crescimento econômico com estabilidade macroeconômica e inclusão social”, afirmou Humala na ocasião.

A cerimônia de posse de Humala é a primeira da qual a presidente Dilma participa desde o início do mandato, em janeiro. A programação em Lima começa na manhã desta quinta com os cumprimentos dos chefes de Estado ao novo presidente do Peru. O juramento e o discurso de Humala no Congresso peruano estão previstos para as 10h, no horário de Lima (12h no horário brasileiro).     Na capital peruana, Dilma participa também de um almoço oferecido pelo novo presidente aos chefes de estado, na residência oficial. A presidente brasileira, que desembarcou em Lima na noite de quarta (27), voltará ao Brasil ainda na quinta-feira.

O Peru é o terceiro maior em território da América do Sul e a proteção da fronteira com o Brasil (nos estados de Amazonas e Acre) é um dos temas de interesse entre os dois países.

No início de junho, o governo brasileiro anunciou um plano para combater o narcotráfico, o contrabando e o tráfico de pessoas nas fronteiras. Para isso, o governo Dilma pretende traçar planos conjuntos com autoridades peruanas, venezuelanas, bolivianas, colombianas e paraguaias.

O foco da visita de cortesia de Dilma ao Peru é a festa de posse de Humala, portanto, não haverá reuniões bilaterais, nem discursos, segundo o Itamaraty. A comitiva da presidente brasileira será integrada pelos ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Secretaria de Comunicação, Helena Chagas e pelo assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

veja também