MENU

Dinamarca retoma controle de fronteiras para barrar imigrantes

Dinamarca retoma controle de fronteiras para barrar imigrantes

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 3:17

A Dinamarca se tornou o primeiro país da União Europeia a romper com o tratado de livre circulação no bloco para controlar a entrada de imigrantes procedentes de países árabes devido à onda de revoltas.

O ministro de Finanças do país, Claus Hjort Frederiksen, anunciou nesta quarta-feira (11) que a Dinamarca vai restabelecer o controle em suas fronteiras com a Alemanha e a Suécia, após um acordo entre o governo e a estrema direita do país.

“Chegamos um acordo para restabelecer o quanto antes as inspeções aduaneiras nas fronteiras”, disse o ministro à imprensa.Os novos controles devem começar a funcionar em três semanas, disse.

A Dinamarca não pode restabelecer qualquer tipo de controle em suas fronteiras por fazer parte do espaço de livre circulação europeu de Schengen.

“Tudo será feito dentro dos limites de Schengen”, disse o ministro.

Diante da chegada de inúmeros imigrantes procedentes do norte da África desde o início da onda de revoltas antigoverno nos países árabes, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, pediram no final de abril uma reforma no tratado de Schengen.

Os governantes pediram em particular a Bruxelas que “examine a possibilidade de restabelecer temporariamente o controle nas fronteiras internas” dos países membros do espaço Schengen “em caso de dificuldades excepcionais na gestão das fronteiras exteriores comuns”.      

veja também