MENU

Diretora de jornais de Murdoch pede demissão após escutas ilegais

Diretora de jornais de Murdoch pede demissão após escutas ilegais

Atualizado: Sexta-feira, 15 Julho de 2011 as 8:12

Rebekah Brooks, diretora de jornais do grupo britânico News Com, pediu demissão nesta sexta-feira (15), por conta do escândalo de grampos telefônicos que envolve o grupo do magnata da mídia Rupert Murdoch.

Ela será substituída por Tom Mockridge, atualmente diretor do canal de TV Sky Italia, segundo comunicado do grupo.

  Rebekah Brooks nesta terça-feira (12) em Londres (Foto: AFP)

Rebekah vinha sendo bastante criticada por conta do escândalo, que abala há semanas a vida política do Reino Unido.

O premiê britânico, David Cameron, disse que Rebekah fez a coisa certa.

"Ele acredita que é a decisão correta, ele já disse que ele devia ter aceito sua renúncia", disse um porta-voz.

O tablóide “News of the World”, da News Corporation, é suspeito de realizar escutar ilegais contra milhares de pessoas, entre elas personalidades britânicas e membros da família real.

Diante das denúncias, o magnata Rupert Murdoch decidiu fechar a publicação. A última edição do periódico foi às bancas domingo.

Na quinta-feira, foi revelado que Alex Pereira, primo do brasileiro Jean Charles de Menezes, morto pela polícia britânica em 2005, estaria entre os grampeados.

A família do brasileiro morto por engano pediu ao premiê Cameron uma investigação sobre o suposto grampo.              

veja também