MENU

Dois barcos da frota rumo a Gaza foram sabotados, dizem ativistas

Dois barcos da frota rumo a Gaza foram sabotados, dizem ativistas

Atualizado: Quinta-feira, 30 Junho de 2011 as 3:26

Os organizadores de uma flotilha internacional pró-palestinos que tentará furar o bloqueio à faixa de Gaza acusaram Israel de sabotar dois dos barcos participantes.

Os ativistas não disseram como a sabotagem afetaria os planos de partir do porto de Piraeus, na Grécia, base das operações da Flotilha da Liberdade.

Huwaida Arraf disse à rádio militar israelense que o motor de um navio irlandês foi danificado quando estava ancorado.

"Quando demos partida no motor, ele não funcionou", disse Arraf. "Se isto tivesse acontecido quando estávamos no mar, o barco começaria a encher de água e poderia haver fatalidades."

No começo da semana, os ativistas disseram que Israel danificou o propulsor do navio sueco ancorado em Pireaus.

Israel não comentou as acusações, mas já afirmou que vai impedir que os navios avancem pelo bloqueio ao território palestino, imposto em 2007 quando o grupo islâmico Hamas tomou à força o controle da faixa.

Entre 300 e 400 ativistas devem navegar esta semana até Gaza para tentar furar o bloqueio, em uma viagem que durará dias.

No ano passado, uma ação militar israelense contra uma flotilha semelhante matou nove ativistas turcos no Mavi Marmara. Os dois lados trocaram acusações sobre a responsabilidade pela violência.

veja também