MENU

Dois jornalistas franceses são libertados no Afeganistão

Dois jornalistas franceses são libertados no Afeganistão

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 3:09

Dois jornalistas da televisão pública francesa, Stéphane Taponier e Hervé Ghesquière, foram libertados nesta quarta-feira após passar 18 meses em poder do grupo islâmico Taleban.

"O presidente da República anunciou a libertação de nossos compatriotas Stéphane Taponnier e Hervé Ghesquière, e sua intérprete Reza Din", diz o comunicado do Palácio do Eliseu, sem dar mais detalhes.

Ghesquière e Taponier, que trabalhavam para a France 3, foram sequestrados no dia 30 de dezembro de 2009 a 60 km de Cabul, na província de Kapisa, região cuja segurança está sob a responsabilidade de tropas francesas.

O primeiro-ministro francês, François Fillon, disse que os dois jornalistas estão "bem de saúde" e retornarão à França na manhã de quinta-feira.

Eles devem chegar a Villacoublay, perto de Paris.

"Evidentemente, estarei lá para recebê-los", confirmou Béatrice Coulon, companheira de Hervé Ghesquière.

"É comovente", desabafou Thierry Taponier, irmão de Stéphane Taponier. "Custa-me falar disto", afirmou, muito emocionado.

Pierre Babey, jornalista do canal France 3 que os viu depois de libertados, afirmou que os dois estão "em boa forma" física e mental.

"Cumprimentamos os jornalistas, assim como o governo francês e a nação francesa", disse por sua vez o porta-voz do presidente afegão, Siamak Heravi.

Durante o cativeiro de Taponier e Ghesquière houve forte mobilização na França. Foram criados comitês de apoio, e os informativos da televisão pública fechavam sempre com mensagens sobre os dois repórteres.

Nesta quarta-feira, foi realizada manifestação em Paris para marcar os 18 meses de sequestro dos dois, que se converteu em forma improvisada de celebração.

veja também