MENU

É rebocado Cruzeiro que estava à deriva

É rebocado Cruzeiro que estava à deriva

Atualizado: Terça-feira, 28 Fevereiro de 2012 as 8:12

O navio de cruzeiro "Costa Allegra", rebocado por uma embarcação francesa após um incêndio a bordo em pleno Oceano Índico, chegará nesta quarta-feira (29) às ilhas Desroches, sudoeste das Ilhas Seicheles, anunciou a presidência do arquipélago.

"A guarda costeira não especificou o horário da chegada, mas não o esperamos antes de amanhã", afirmou à France Presse Serdjana Janosevic, porta-voz da presidência de Seicheles.

O navio da empresa Costa Cruzeiros, com mais de mil pessoas a bordo, ficou à deriva no Oceano Índico após ter sofrido um incêndio quando seguia de Madagascar às Ilhas Seicheles.

O comandante do "Costa Allegra", com 627 passageiros e 413 tripulantes, garantiu que todas as pessoas a bordo "se encontram bem".

O Costa Allegra pertence à companhia marítima ítalo-americana Costa Crociere, que também é proprietária do navio de luxo “Costa Concordia”, que naufragou em 13 de Janeiro na ilha italiana de Giglio, matando 32 pessoas.

O comandante afirmou que todos estão bem. Entre os passageiros há dois brasileiros, um uruguaio, 15 espanhóis, 135 italianos, 127 franceses e 97 austríacos, afirmou a Costa Crociere.

Segundo Moretti, diretor de operações marítimas da Costa Crociere, o navio utiliza baterias de emergência para as operações estritamente necessárias.

As hélices, o ar refrigerado e a cozinha estão paralisados. Nove militares italianos, especializados no combate à pirataria, estão a bordo do navio para evitar eventuais ataques.

veja também