MENU

Em meio à crise, governo da Grécia anuncia referendo constitucional

Em meio à crise, governo da Grécia anuncia referendo constitucional

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 4:44

A Grécia realizará um referendo constitucional no segundo semestre deste ano para tentar encerrar a crise política que afeta o país, anunciou nesta segunda-feira (20) o novo porta-voz do governo, Elias Mossialos.

"Haverá um referendo no outono (do Hemisfério Norte), precedido em setembro por um amplo diálogo nacional ao qual serão convidados todos os cidadãos preocupados por expressar seu ponto de vista", disse Mossialos à imprensa.

"A reforma constitucional incluirá prioritariamente o sistema político", disse o porta-voz do governo.

Segundo várias pesquisas de opinião, os gregos perderam toda a confiança no sistema político e judiciário, que foi incapaz de frear a corrupção no país.

Em 19 de junho passado, em um discurso diante do Parlamento, o primeiro-ministro Giorgos Papandreou tinha declarado que a elaboração de uma nova Constituição continuava sendo "prioridade".

"Organizaremos um referendo no outono sobre as grandes mudanças que o governo quer para o país", disse Papandreou, que incluiu entre os principais pontos o funcionamento do Parlamento, o sistema eleitoral e uma reforma do sistema judiciário.

veja também