MENU

Embaixador egípcio diz que Mubarak pode estar doente

Embaixador egípcio diz que Mubarak pode estar doente

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 1:59

O ex-presidente do Egito, Hosni Mubarak, pode estar em más condições de saúde, afirmou hoje o embaixador egípcio nos Estados Unidos, Sameh Shoukry. Falando à rede NBC, em Washington, Shoukry fez os primeiros comentários de um funcionário egípcio sobre o estado de saúde de Mubarak, que deixou o poder na sexta-feira, pressionado por protestos populares.

Shoukry foi questionado sobre reportagens segundo as quais Mubarak teria sofrido um derrame ou pudesse estar em coma. "Eu estou acompanhando os rumores e reportagens relacionadas à sua saúde, e posso ter recebido alguma comunicação pessoal indicando que ele está possivelmente de alguma forma com má saúde", disse o embaixador na entrevista à NBC. "Eu realmente não tenho informação suficiente, então eu não quero especular", ponderou ele em seguida. Mubarak, de 82 anos, estava no poder havia três décadas.

Houve rumores segundo os quais Mubarak havia deixado o país. Ontem, porém, o primeiro-ministro Ahmed Shafiq disse que o agora ex-presidente segue no Egito, na cidade turística de Sharm el-Sheikh.

As especulações sobre a saúde de Mubarak acontecem há anos no Egito. Seu estado de saúde era tratado como segredo de Estado. Jornalistas já foram presos por tratar do tema. Em março passado, a mídia estatal anunciou que Mubarak passaria por uma cirurgia na Alemanha. Ele ficou três meses fora do país, internado no Hospital da Universidade Heidelberg, em Baden-Baden. Mubarak fez uma cirurgia para retirar sua vesícula biliar e tratar de um crescimento anormal do intestino delgado. Ele também operou uma hérnia de disco em 2004 e havia tido um pequeno problema de saúde durante um discurso televisionado um ano antes, em 2003.      

veja também