MENU

Enchente destruiu 73% das lavouras no Paquistão, diz agência da ONU

Enchente destruiu 73% das lavouras no Paquistão, diz agência da ONU

Atualizado: Sexta-feira, 23 Setembro de 2011 as 12:10

As atuais chuvas e inundações no Paquistão já destruíram 73% das lavouras do país e 67% dos estoques alimentares na populosa província de Sindh, disse a FAO (agência da ONU para agricultura e alimentação) na sexta-feira, ao fazer um apelo por mais doações humanitárias.

'Milhões de pessoas estão destituídas e enfrentam um futuro incerto e de insegurança alimentar', disse a entidade em nota.

O texto diz que o Paquistão precisaria de US$ 18,9 milhões para atender às necessidades mais urgentes das famílias afetadas nas províncias do Sindh e Baluquistão.

Família passa por campo inundado em Mirpur Khas, na província

paquistanesa de Sindh, nesta sexta-feira (23) (Foto: AP)

  A agência disse que, antes das atuais enchentes, já havia a estimativa de que os agricultores paquistaneses precisariam de três ou quatro safras para se recuperarem dos prejuízos decorrentes das inundações de 2010.

A FAO disse que as inundações mataram quase 78 mil cabeças de gado no Sindh, e que pelo menos 5 milhões de animais estão ameaçados pela falta de ração, abrigo e cuidados veterinários.

Mais de 300 mil pessoas estão desabrigadas no Sindh por causa das inundações de monções deste ano.        

veja também