MENU

Enchente na Austrália afeta 22 cidades; prejuízo atinge US$ 2 bi

Enchente na Austrália afeta 22 cidades; prejuízo atinge US$ 2 bi

Atualizado: Sexta-feira, 31 Dezembro de 2010 as 8:01

Julia Gillard (à esq.) e Anna Bligh visitam a cidade

de Bundaberg. (Foto: Torsten Blackwood / AFP)  

A primeira-ministra australiana, Julia Gillard, visitou nesta sexta-feira (31) vítimas das enchentes que atingem o nordeste da Austrália. O território afetado pelas chuvas chega a ser do tamanho de países como França e Alemanha. Ao todo, o prejuízo com infra-estrutura já chega a quase US$ 2 bilhões. “Por mais devastadoras que sejam estas inundações, vê-se que o governo e as equipes de emergência estão dando uma magnífica resposta. O sentimento dominante é a resistência e solidariedade entre os vizinhos”, disse Julia em visita a Bundaberg, uma das cidades mais afetadas pelas águas.

saiba mais Milhares de pessoas fogem de inundações na Austrália Inundações no Nordeste da Austrália já causam prejuízo de US$ 1 bilhã As inundações são provocadas pelo ciclone Tasha, que passou recentemente pela região e danificou a agricultura e mineração. As chuvas torrenciais cortaram estradas, destruiu ferrovias e interrompeu a produção de carvão.

Enquanto o nível da água continua a subir, 22 cidades já estão inundadas, e em Rockhampton, ao norte de Brisbane, pelo menos 4.000 casas estão ameaçadas de inundação. O rio Nogoa, por exemplo, já subiu 16 metros.

A primeira-ministra do estado de Queensland, Anna Bligh, estimou que o custo do desastre em vários bilhões de dólares. As autoridades também temem uma disparidade no preço de banana, manga e açúcar, devido a destruição de diversas plantações.   Do G1, com informações da AFP

veja também