MENU

Estudantes da Venezuela mostram apoio à emissora ameaçada por Hugo Chávez

Estudantes da Venezuela mostram apoio à emissora ameaçada por Hugo Chávez

Atualizado: Quinta-feira, 21 Maio de 2009 as 12

Na última quarta-feira, 20 de maio, milhares de estudantes tomaram às ruas da capital venezuelana Caracas para protestar contra o governo de Hugo Chávez. A ação, imposta em decorrência do corte aos recursos às universidades públicas do país, demonstrou apoio ao canal privado de TV Globovisión, veículo alvo de críticas e ameaças do presidente da Venezuela.

Na ocasião, os estudantes, na maioria pertencentes à Universidade Central da Venezuela, prometeram que, caso o governo cumpra a ameaça de fechar a Globovisión, novas  manifestações serão realizadas no país.

Em recente declaração à imprensa, o presidente Hugo Chávez prometeu tomar medidas drásticas contra a Globovisión, caso a emissora continue a "propagar o ódio na população" e divulgar críticas falsas contra o governo de linha bolivariana. Entre as ações anunciadas pelo presidente, constam o fechamento do canal por 72 horas e até a retirada da concessão junto ao Conselho Nacional de Telecomunicações (Conatel).

veja também