MENU

EUA denunciam condenação de advogada iraniana Nasrin Sotudeh

EUA denunciam condenação de advogada iraniana Nasrin Sotudeh

Atualizado: Terça-feira, 11 Janeiro de 2011 as 9:47

Os Estados Unidos denunciaram nesta segunda-feira a condenação a 11 anos de prisão da advogada e militante iraniana dos direitos humanos Nasrin Sotudeh, e exigiram sua imediata libertação.

Esta decisão "se inscreve na tentativa sistemática por parte das autoridades iranianas de reduzir ao silêncio a defesa da democracia e dos direitos humanos no Irã", disse Philip Crowley, porta-voz da diplomacia americana.

"Sotudeh é uma voz forte a favor do estado de direito e da justiça no Irã", assinalou Crowley, recordando uma resolução adotada em dezembro pela Assembleia Geral da ONU contra as infrações graves aos direitos humanos perpetradas na república islâmica.

A condenação de Nasrin Sotudeh se soma à lista de personalidades que receberam severas penas após os distúrbios que se seguiram à polêmica reeleição do presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, em junho de 2009.    

veja também