MENU

EUA emitem alerta de viagens ao Reino Unido e de ameaças terroristas no mundo

EUA emitem alerta de viagens ao Reino Unido e de ameaças terroristas no mundo

Atualizado: Terça-feira, 1 Fevereiro de 2011 as 10:14

O governo dos EUA emitiu nesta segunda-feira, 31, um alerta de viagens ao Reino Unido e renovou o de "Precaução Mundial", no qual adverte de ameaças terroristas persistentes e recomenda a "manutenção de um alto nível de vigilância". No alerta de viagens ao Reino Unido, informa os americanos que o "alto nível de ameaças terroristas" persiste, o que inclui possíveis atentados contra os sistemas de transporte público, de aviação e de outras infraestruturas.

O governo dos EUA recomenda aos cidadãos do país que mantenham "um alto nível de vigilância" e adotem as medidas apropriadas para melhorar sua segurança.

O alerta, que expira em 30 de abril, lembra que nos últimos anos os extremistas tiveram como alvos ou atacaram os sistemas de metrô e de trens, assim como aeroportos em cidades como Londres, Madri, Glasgow e, mais recentemente, Moscou.

Apesar do alerta, os EUA indicam que as forças de segurança britânicas tomaram medidas para prevenir atentados terroristas.

Por outro lado, o governo americano substituiu o alerta de "Precaução Mundial" de 12 de agosto por outro no qual reitera que existem informações que "sugerem que a Al Qaeda e outras organizações filiadas seguem planejando atentados terroristas contra alvor juros americanos em várias regiões, incluindo Europa, Ásia, África e Oriente Médio".

O alerta faz menções especiais a Iraque, Iêmen, Líbano e Argélia. Os EUA alertam ainda de operações da Al Qaeda e de outros grupos extremistas na África e no Magrebe Islâmico.

Recomenda também que os americanos que viajam por mar nas cercanias do Chifre da África e no sul do Mar Vermelho que tenham o máximo de precaução, já que houve um "notável aumento de ataques armados, roubos e sequestros por piratas em troca de resgate".

O Departamento de Estado, por sua vez, afirma que segue recebendo informações que grupos terroristas da Ásia Central e do sul do continente podem estar planejando atentados na região.

O governo também adverte de grupos extremistas no Paquistão, dos talibãs e da Al Qaeda no Afeganistão, de possíveis atentados na Índia e das atividades da União da Jihad Islâmica, do Movimento Islâmico do Uzbequistão, da Al Qaeda e do Movimento Islâmico do leste da Turquia na região da Ásia Central.    

veja também