MENU

EUA voltam a restringir entrada de gays assumidos nas Forças Armadas

EUA voltam a restringir entrada de gays assumidos nas Forças Armadas

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 10:07

Uma Corte de Apelações da Califórnia, nos Estados Unidos, suspendeu temporariamente nesta quarta-feira (20) a decisão que impedia que as Forças Armadas continuassem com a prática “Don’t ask, Don't Tell”, que proíbe a presença de homossexuais assumidos.

A juíza Virginia Phillips decidiu na última semana pôr fim a essa proibição, rejeitando os argumentos dos que a defendem como garantia da coesão e eficácia das Forças Armadas, especialmente em tempos de guerra.

Após a decisão da juíza, o Pentágono anunciou na terça-feira (19) que começaria a aceitar alistamentos de homossexuais, mas advertiu aos possíveis novos recrutas que a medida ainda pode ser revertida.

O grupo republicano Log Cabin, que apresentou o recurso para a manutenção da medida contra os homossexuais, tem até o dia 25 de outubro para apelar da "aplicação temporária" e tornar a decisão permanente na Corte de Apelações, de acordo com a agência France Presse.    

veja também