MENU

Ex-professora é condenada a 7 anos de prisão por sexo com aluna

Ex-professora é condenada a 7 anos de prisão por sexo com aluna

Atualizado: Terça-feira, 26 Julho de 2011 as 4:55

A ex-professora Katryna Martin em foto divulgada

pela polícia de Gulfort Port (Foto: Divulgação)

  A ex-professora Katryna Martin foi condenada a 7 anos de prisão por ter feito sexo com uma estudante a quem dava aulas particulares em sua casa, informa o jornal americano “Sun Herald”.

Segundo o jornal, Martin, de 29 anos, foi condenada na última segunda (25) por uma acusação de abuso sexual e duas de exploração, por ter usado o celular para marcar encontros com uma menor.

O juiz Roger Clark a condenou a 20 anos, mas suspendeu 13, deixando um total de 7 anos em regime fechado e outros seis no semiaberto.

A menina, conforme a investigação, tinha 14 anos quando começou a freqüentar as aulas extras fora da escola. A ex-professora admitiu ter iniciado a relação quando ela tinha 15. Durante o julgamento, Katryna Martin disse ao tribunal que nunca quis que a relação acontecesse e pediu desculpas à família da garota e à sua própria família.

Professora de ciências e treinadora de basquete numa escola da 7ª e 8ª séries em North Gulfport, Mississipi (EUA), Martin foi detida em 2009. De acordo com o “Sun Herald”, a mãe de Martin foi uma das testemunhas e pediu clemência ao júri, dizendo que a filha nunca tivera problemas com a justiça antes e que sempre estivera envolvida com a igreja.

Após o caso com a menina ter se tornado público, a ex-professora também foi acusada de abusar sexualmente de um menino de 15 anos, mas a acusação foi retirada posteriormente a pedido do jovem.        

veja também