MENU

Forças de segurança matam mais 6 em protestos na Síria

Forças de segurança matam mais 6 em protestos na Síria

Atualizado: Segunda-feira, 29 Agosto de 2011 as 1:37

Seis pessoas morreram vítimas de disparos das forças de segurança da Síria nesta segunda-feira (29), dia em que foi lançada uma operação militar em uma localidade próxima à fronteira com o Líbano, anunciaram militantes.

Segundo Rami Abdel Rahman, presidente do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), cinco pessoas morreram em Sarmin, localidad situada perto de Edleb (noroeste), entre elas uma criança, e 60 ficaram feridas.

Outro homem faleceu em Qara, perto de Damasco, pelas mãos das forças de segurança sírias que revistavam sua casa, de acordo com um comunicado do Comitê de Coordenação, que promove a contestação na Síria.

Por outro lado, vários tanques, caminhões de transporte de tropas e outros veículos militares entraram nesta segunda-feira na localidade síria de Hit, a dois quilômetros da fronteira norte do Líbano, indicou o OSDH.

"Disparos de forte intensidade" são ouvidos desde a manhã nesta região, afirmou à AFP Rami Abdel Rahman, baseado na Grã-Bretanha.

No dia 17 de agosto, o presidente sírio Bashar al-Assad havia afirmado ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que as operações militares contra os opositores "haviam cessado", segundo um porta-voz das Nações Unidas.          

veja também