MENU

França cancela festa tradicional para economizar

França cancela festa tradicional para economizar

Atualizado: Quarta-feira, 23 Junho de 2010 as 5:09

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, cancelou a tradicional festa do Dia da Bastilha no jardim do Palácio do Eliseu como uma medida simbólica de contenção de gastos, disseram fontes parlamentares nesta quarta-feira.

A decisão, que será anunciada oficialmente na semana que vem junto a outros cortes de gastos, vem em meio a pressões da União Europeia e de agências de classificação de risco para que a França reduza seu déficit orçamentário, que deve atingir 8 por cento da produção econômica nacional neste ano.

''Por motivos de economia em um período de austeridade, a festa no jardim não acontecerá neste ano'', disse um parlamentar do partido governista UMP, falando em condição de anonimato.

Milhares de pessoas são normalmente convidadas à recepção do feriado nacional em 14 de julho, que segue um desfile militar na avenida Champs-Élysées, onde são exibidas unidades de elite, a cooperação militar internacional e a demonstração aérea de jatos militares.

O desfile, que marca o aniversário da derrubada da notória prisão parisiense da Bastilha em 1789 durante a Revolução Francesa, deve continuar.

veja também