MENU

França pressiona Conselho de Segurança a impor sanções à Síria

França pressiona Conselho de Segurança a impor sanções à Síria

Atualizado: Sexta-feira, 2 Setembro de 2011 as 1:21

O chanceler da França , Alain Juppé, disse nesta sexta-feira (2) que seu país está pressionando o Conselho de Segurança da ONU a adotar uma resolução com sanções à Síria por causa da violência contra manifestantes civis no país.

Ele disse também que Paris vai desenvolver contatos com a oposição síria. "Nosso objetivo é obter uma resolução no Conselho de Segurança condenando o uso da violência contra civis e organizando um regime de sanções", disse Juppé numa conferência anual para embaixadores franceses em Paris.     Na quinta-feira, a secretária norte-americana de Estado, Hillary Clinton, pediu a outros países que imponham mais sanções ao governo de Bashar al Assad , para forçá-lo a renunciar após mais de cinco meses de protestos populares, reprimidos duramente pelas forças de segurança.

Petróleo

Ministros da União Europeia reunidos na sexta-feira na Polônia decidiram banir as importações de petróleo vindas da Síria .

O embargo entra em vigor imediatamente, mas só produzirá efeitos a partir de 15 de novembro devido a contratos já em andamento, segundo as mesmas fontes.

O decreto deverá ser publicado sábado no jornal oficial da União Europeia.

A UE decidiu expandir as sanções de congelamento de bens e interdição de visto para quatro empresários acusados de financiar o regime Assad e três empresas, entre elas um banco, acrescentaram.          

veja também