MENU

Gêmeas siamesas são separadas após cirurgia de 20 horas nos EUA

Gêmeas siamesas são separadas após cirurgia de 20 horas nos EUA

Atualizado: Quarta-feira, 9 Novembro de 2011 as 12:08

Duas gêmeas siamesas da República Dominicana foram separadas com sucesso nesta quarta-feira (9) por médicos do Hospital Infantil de Richmond, na Virginia Commonwealth University, nos EUA. A operação durou cerca de 20 horas.

As gêmeas María Teresa e Teresa María, de 19 meses, eram unidas pelo peito e pelo abdômen.

Elas estavam nos EUA se preparando para a cirurgia com sua mãe, Lisandra Sanatis, e sua irmã María Estela Reynaldo, desde agosto.

As crianças entraram no hospital no domingo, depois de semanas de exames e procedimentos prévios.

As gêmeas María Teresa (à esq.) e Teresa María com a mãe, Lisandra Sanatis,

 em centro comunitário em Richmond em 1º de novembro (Foto: AP) A mãe viu primeiro María Teresa, enquanto os médicos continuavam com a reconstrução abdominam de Teresa María, que terminou duas horas mais tarde.

As meninas compartilhavam o fígado e o duodeno, a parte superior do intestino delgado, mas cada uma tem seus próprios coração, rins e membros.

Elas estão bem, mas uma está com 20% de peso a mais que a outra porque estava aproveitando mais os processos nutritivos.

Lisandra (de preto, segunda a partir da esquerda) observa Teresa María após

 a cirurgia nesta segunda-feira (7) em Richmond (Foto: AP) Tudo saiu muito bem, demorou muito tempo, mas foi muito bem", disse o médico David A. Lanning, cirurgião-chefe do hospital.

Lanning explicou que muito tempo foi necessário para checar a união das glândulas e do sistema circulatório.        

veja também