MENU

Governador de Pando, na Bolívia, admite ter enviado "gente armada" para controlar manifestantes

Governador de Pando, na Bolívia, admite ter enviado "gente armada" para controlar manifestantes

Atualizado: Quinta-feira, 25 Setembro de 2008 as 12

O governador do departamento (estado) de Pando, na Bolívia, próximo à fronteira com o Peru, Leopoldo Fernández, admitiu ao juiz penal Willams Dávila Salcedo, quedois caminhões da prefeitura transportando "gente armada" foram enviados para controlar manifestantes que fariam um protesto em favor do presidente Evo Morales. As informações são das agências Telam e Boliviana de Informação.

Fernádez está preso desde o dia 16 e o governo boliviano o responsabiliza pela morte cerca de 20 pessoas em Pando durante um conflito entre a polícia e simpatizantes do governo de Morales.

De acordo com o juiz, Fernández assumiu que tinha conhecimento de que poderia haver conflito entre funcionários do governo e camponeses. Contudo, enviou ao local do enfrentamento caminhões com pessoas armadas para reprimir os manifestantes.

O juiz considerou que Fernández não poderia ter usado os caminhões da prefeitura para transportar pessoas armadas para reprimir os manifestantes, quando poderia ter recorrido à polícia. O conflito ocorreu no último dia 11 e deixou cerca de 20 mortos,  vários feridos e desaparecidos.

veja também