MENU

Governo grego protegerá grupos sociais mais frágeis

Governo grego protegerá grupos sociais mais frágeis

Atualizado: Segunda-feira, 3 Maio de 2010 as 9:15

O primeiro-ministro grego Georges Papandreou afirmou nesta segunda-feira que o governo ''vai proteger os grupos sociais mais frágeis, com a aplicação das medidas de austeridade em troca do plano de ajuda de 110 bilhões de euros adotado pela UE e o FMI.

''O governo vai proteger os grupos sociais mais frágeis estabelecendo uma rede de segurança e com destaque para o desenvolvimento do país'', declarou Papandreou ao apresentar as medidas decididas no domingo ao presidente da República, Carolos Papoulias.

Papoulias, que tem um papel essencialmente protocolar, respondeu ao premier ter a certeza de que os grego responderão positivamente às medidas decididas pelo governo.

''Este plano nos permite respirar, nos dá um ano de calma para fazer as grandes mudanças que o país precisa'', disse Papandreou.

Ele acrescentou que a principal preocupação do governo é ''criar uma sociedade justa'', com uma ''mudança indispensável que o país precisava''.

Papandreou também destacou que a mudança representa a oportunidade de um grande consenso dos partidos políticos e dos grupos sociais do país.

''Vamos fazer as mudanças que deveriam ter sido feitas há muitos anos no sistema político, em nossa economia e no sentimento de justiça de um Estado de direito'', declarou Papandreou.

''Temos a oportunidade de fazer estas mudanças profundas e de entregar uma Grécia em melhor situação'', concluiu Papandreou.

veja também