MENU

Governo líbio promete anistiar soldados rebeldes que se entregarem

Governo líbio promete anistiar soldados rebeldes que se entregarem

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 11:22

Os soldados que se uniram à rebelião contra o ditador Muammar Kadhafi serão 'perdoados' caso decidam se entregar, anunciaram nesta segunda-feira (14) as forças armadas líbias na televisão estatal.

Quatro obuses caíram na manhã desta segunda-feira seis quilômetros ao oeste de Ajdabiya, novo alvo das forças leais a Muamar Kadhafi na missão de reconquista do leste da Líbia , sem provocar vítimas, informaram os insurgentes.     As peças de artilharia caíram nas imediações de um cruzamento na saída oeste da cidade, segundo os insurgentes que controlam a cidade situada 160 km ao sul do reduto rebelde de Benghazi.

O ataque provocou duas crateras de quatro metros de diâmetro.

Na manhã desta segunda-feira, a estrada que liga Ajdabiya a Benghazi estava tomada de pessoas que fugiam no sentido leste.

A região sofre ainda com uma tempestade de areia.

Avanço à Benghazi

Ajdabiya se preparava para enfrentar um eventual ataque das tropas de Kadhafi, que avançam rumo à "capital" dos rebeldes, Benghazi, no momento em que as potências ocidentais tentam encontrar uma solução para o país, no 28º dia da revolta.

Benghazi, segunda maior cidade do país, pode ser atacada em breve, depois que as tropas governamentais reconquistaram várias cidades que estavam sob controle dos rebeldes, em particular Brega (80 km ao oeste de Ajdabiya).      

veja também