MENU

Grammy 2012 consagra Adele e homenageia Whitney Houston

Adele divide holofotes com Whitney

Atualizado: Segunda-feira, 13 Fevereiro de 2012 as 8:31

A cantora inglesa Adele foi a grande vencedora do Grammy 2012. Além de vencer nas seis categorias em que foi indicada (incluindo gravação, álbum e canção do ano), a artista fez a performance mais aplaudida da noite.

Se havia dúvidas que sua voz estaria em forma após uma cirurgia na garganta, em novembro do ano passado, elas desaparecem após sua bela interpretação do hit "Rolling in the Deep".

Mas Adele teve que dividir os holofotes com outra estrela: Whitney Houston. Morta no dia anterior aos 48 anos, a cantora foi lembrada durante toda a noite. Desde a abertura, quando o apresentador LL Cool J fez uma oração em sua memória - na plateia, nomes como Lady Gaga e Adele acompanharam a prece de cabeças baixas -, até o sóbrio tributo feito por Jennifer Hudson, que cantou "I Will Always Love You".

Depois de Adele, os outros grandes vencedores do 54º Grammy foram Foo Fighters e Kanye West. A banda liderada por Dave Grohl venceu cinco prêmios, incluindo melhor canção e melhor álbum de rock. Já o rapper ganhou em quatro das sete categorias em que foi indicado, incluindo melhor álbum e melhor performance de rap.

A primeira performance da noite foi do veterano Bruce Springsteen. Ele interpretou "We Take Care of Our Own", primeiro single de seu próximo disco, "Wrecking Ball". A primeira metade da noite ainda teve uma homenagem a Etta James (com Alicia Keys e Bonnie Raitt), apresentações de Bruno Mars e Chris Brown (dançando bastante, mas fazendo playback) e, numa tenda montada do lado de fora do Staples Center, em Los Angeles.

O primeiro dos momentos mais aguardados da noite, no entanto, só veio quando a festa já durava quase uma hora: o dueto de Coldplay e Rihanna. A cantora começou a performance sozinha, interpretando a nova "We Found Love". Em seguida, Chris Martin e banda se juntaram a Rihanna e, juntos, tocaram "Princess of China". A cantora então deixou o palco e o Coldplay, agora sozinho, veio com o sucesso "Paradise".

Outra performance bastante aguardada foi a dos Beach Boys. A formação clássica da banda se reuniu pela primeira vez em vinte anos e tocou o sucesso "Good Vibrations" ao lado das bandas Maroon 5 e Foster the People - pouco antes, os dois grupos já haviam tocado outros dois clássicos dos Beach Boys, "Surfer Girl" e "Wouldn't It Be Nice".

Em seguida, foi a vez de outra lenda da música subir ao palco. Apresentado por Stevie Wonder, Paul McCartney interpretou (com o luxuoso auxílio da cantora e pianista Diana Krall e do guitarrista Joe Walsh) a balada "My Valentine", uma das faixas de seu recém-lançado álbum "Kisses on the Bottom". McCartney ainda voltou ao palco para fechar a festa, dessa vez para cantar clássicos dos Beatles. Com direito a participações de Dave Grohl e Bruce Springsteen.

A reta final da noite ainda teve shows de Taylor Swift e Katy Perry (de cabelo azul e cantando num palco em chamas), um dueto de Tony Bennett e Carrie Underwood e uma apresentação extravagante e teatral de Nicki Minaj.

Veja abaixo os vencedores das mais importantes entre as 78 categorias do Grammy:

Gravação do ano - "Rolling in the Deep", Adele
Álbum do ano - "21", Adele
Canção do ano - "Rolling in the Deep", Adele
Revelação - Bon Iver
Melhor performance pop solo - "Someone Like You", Adele
Melhor performance pop dueto ou grupo - "Body and Soul", Tony Bennett e Amy Winehouse
Melhor álbum pop instrumental - "The Road from Memphis", Booker T. Jones
Melhor álbum pop vocal - "21", Adele
Melhor gravação eletrônica - "Scary Monsters and Nice Sprites", Skrillex
Melhor álbum eletrônico - "Scary Monsters and Nice Sprites", Skrillex
Melhor álbum pop tradicional - "Duets II", Tony Bennett
Melhor performance rock - "Walk", Foo Fighters
Melhor performance hard rock/metal - "White Limo", Foo Fighters
Melhor canção de rock - "Walk", Foo Fighters
Melhor álbum de rock - "Wasting Light", Foo Fighters
Melhor álbum alternativo - "Bon Iver, Bon Iver", Bon Iver
Melhor performance de R&B - "Is This Love", Corinne Bailey Rae
Melhor performance de R&B tradicional - "Foo for You", Cee Lo Green e Melanie Fiona
Melhor canção de R&B - "Foo for You", Cee Lo Green e Melanie Fiona
Melhor álbum de R&B - "F.A.M.E.", Chris Brown
Melhor performance de rap - "Otis", Kanye West e Jay Z
Melhor colaboração de rap - "All Of The Lights", Kanye West, Rihanna, Kid Cudi e Fergie
Melhor canção de rap - "All Of The Lights", Kanye West, Rihanna, Kid Cudi e Fergie
Melhor álbum de rap - "My Beautiful Dark Twisted Fantasy", Kanye West
Melhor performance country solo - "Mean", Taylor Swift
Melhor performance country duo ou grupo - "Barton Hollow", The Civil Wars
Melhor canção country - "Mean", Taylor Swift
Melhor álbum country -"Own the Night", Lady Antebellum
Melhor vídeo curto - "Rolling in the Deep", Adele
Melhor vídeo longo - "Back and Forth", Foo Fighters

veja também