MENU

Greve geral convocada pela oposição tem baixa adesão

Greve geral convocada pela oposição tem baixa adesão

Atualizado: Segunda-feira, 27 Dezembro de 2010 as 11:32

Os seguidores de Alassane Ouattara, reconhecido como presidente da Costa do Marfim pela comunidade internacional, convocaram nesta segunda-feira (27) uma greve geral para pressionar Laurent Gbagbo a deixar o poder. Mas a manifestação teve pouca adesão em Abdijan, a principal cidade do país.

A Coligação dos Houphouetistas para a Democracia e Paz (RHDP), partido que apoia Ouattara, incentivou a paralisação para evitar que Gbagbo "assuma a vitória eleitoral", que ele defende, apesar da rejeição internacional. Mas, em Abidjan, a circulação de veículos nesta manhã de segunda-feira foi intensa com a maioria do comércio aberto.

Enquanto isso, Gbagbo e seus seguidores rejeitaram a possibilidade de abandonar a Presidência, enquanto os governos vizinhos da África Ocidental anunciaram que vão usar a força caso ele não ceda o poder.

O próprio Gbagbo assegurou em entrevista publicada pelo jornal francês Le Figaro que "há um complô contra seu governo" e apontou como principais atores dessa suposta manobra o embaixador da França e o embaixador dos Estados Unidos.

veja também