MENU

Grupo armado mata 13 internos de centro de reabilitação no México

Grupo armado mata 13 internos de centro de reabilitação no México

Atualizado: Segunda-feira, 25 Outubro de 2010 as 9:22

Treze internos de um centro de reabilitação de viciados de Tijuana, norte do México, foram assassinados por um grupo de homens fortemente armados que entrou no edifício e os metralhou. O fato aconteceu em um centro de recuperação a leste de Tijuana - cidade do estado de Baixa Califórnia na fronteira com os Estados Unidos -, apenas dois dias depois que um grupo armado assassinou outras 14 pessoas, em sua maioria jovens, que participavam de uma festa em Ciudad Juarez.

Os primeiros relatórios mostram que os assassinos entraram no centro pela porta da frente e ordenaram que as vítimas ficassem paradas junto a uma parede. Em seguida, dispararam com armas de fogo "de alto poder", segundo várias testemunhas citadas pelo site do jornal El Universal.

O jornal Milenio afirma que duas pessoas invadiram o centro por volta das 21h45 de domingo pelo horário local (2h45 de segunda em Brasília) e, após alinhar às vítimas, "pediram que se ajoelhassem e, então, descarregaram as balas".

Segundo os primeiros dados, e faltando a versão oficial, o comando armado que participou do massacre estava em pelo menos dois veículos.

A imprensa mexicana lembra que comandantes da Polícia municipal e do Exército advertiram em 18 de outubro sobre possíveis respostas após o recente confisco de 134 toneladas de maconha, recorde na apreensão da droga no México.    

veja também