MENU

Grupo denuncia prisão de um dos líderes da oposição na Síria

Grupo denuncia prisão de um dos líderes da oposição na Síria

Atualizado: Quarta-feira, 20 Abril de 2011 as 10:59

O opositor sírio Mahmud Issa foi detido na terça-feira à noite em Homs, cidade do centro da Síria, poucas horas depois da suspensão do estado de emergência no país , afirmou nesta quarta-feira (20) o presidente do Observatório Sírio dos Direitos Humanos, Rami Abdel Rahman.

"Uma patrulha dos serviços de segurança política prendeu na terça-feira em Homs o opositor Mahmud Issa depois que ele deu uma entrevista ao canal Al-Jazeera", declarou Abdel Rhaman.

Na entrevista, o opositor citou a morte do general Abdo Jodr al-Telawi na região de Homs. Ele afirmou ignorar quem cometeu o assassinato e pediu uma investigação sobre o crime, segundo Abdel Rahman.     A agência oficial Sana e os jornais estatais afirmaram na terça-feira que "grupos de criminosos armados que bloqueiam as estradas e espalham o medo surpreenderam o general Abdo Jodr al-Telawi, seus dois filhos e um sobrinho, que foram assassinados a sangue frio em Homs".

Desde o início dos protestos em 15 de março na Síria, o regime acusa "grupos armados criminosos" de terem iniciado a violência.

Na segunda-feira, o ministério do Interior prometeu esmagar uma "rebelião armada de grupos salafistas".

Mahmud Issa é um ex-preso político que ficou detido de 1992 a 2000 por integrar o Partido do Trabalho (comunista, proibido).      

veja também