MENU

Hillary admite contatos entre EUA e rede talibã Haqqani no Afeganistão

Hillary admite contatos entre EUA e rede talibã Haqqani no Afeganistão

Atualizado: Sexta-feira, 21 Outubro de 2011 as 4

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, admitiu nesta sexta-feira (21), em Islamabad, que, com a ajuda de autoridades do Paquistão , enviados americanos se encontraram no verão boreal com representantes da rede talibã Haqqani, que atua no Afeganistão .

Segundo uma autoridade americana, o encontro teria sido organizado "no último verão", pelo serviço secreto paquistanês, antes da série de ataques ocorrida em setembro contra a embaixada americana em Cabul e uma base militar em Wardak, Afeganistão, orquestrada pela rede Haqqani, segundo Washington. Desde então, os Estados Unidos endureceram seu discurso e suas operações contra o grupo talibã.

Hillary afirmou que não há "nenhuma contradição" na estratégia americana envolvendo os rebeldes afegãos, que Washington continua combatendo, ao mesmo tempo em que os convida para negociar o fim do conflito.

A rede Haqqani, fundada nos anos 1980 pelo afegão Jalaludin Haqqani para combater a invasão soviética, uniu-se ao regime talibã e, posteriormente, à rebelião, quando o talibã foi expulso do poder pelos ocidentais, no fim de 2001.

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, dá palestra nesta sexta-feira

 (21) em Islamabad, capital do Afeganistão (Foto: AP)        

veja também