MENU

Hillary Clinton chega à Ucrânia para tentar reaproximação

Hillary Clinton chega à Ucrânia para tentar reaproximação

Atualizado: Sexta-feira, 2 Julho de 2010 as 8:10

A secretária americana de Estado, Hillary Clinton, chegou nesta sexta-feira à Ucrânia, na primeira etapa de uma viagem que a levará ainda à Polônia e ao Cáucaso.

Esta é a primeira visita de Hillary a Kiev desde a eleição, em fevereiro passado, do presidente Viktor Yanukovich, que abandonou a política pró-ocidental de seu predecessor, Viktor Yuschenko.

Hillary deve abordar, especialmente, a questão dos direitos humanos e das liberdades fundamentais, em um momento de preocupação com a censura aos meios de comunicação.

''O simbolismo do progresso democrático da Ucrânia ainda é importante para a região e fora dela, e [Hillary] destacará as nossas esperanças para a proteção e promoção da democracia na Ucrânia'', disse o secretário de Estado adjunto Philip Gordon.

Gordon disse ainda esperar que uma melhora das relações dos EUA com a Rússia torne a diplomacia mais fácil para países como a Ucrânia.

''Queremos ir além da noção de que a diplomacia europeia e de segurança é um jogo de soma zero e que os países da Europa Central precisam escolher se vão ser pró-russos ou pró-americano'', disse ele.

A secretária de Estado conversará com Yanukovich, com o chanceler Konstantin Grichenko, e com a líder da oposição Yulia Timochenko.

Na manhã de sábado, Hillary Clinton voará para Cracóvia (Polônia), antes de terminar sua viagem no Cáucaso, com etapas em Baku, Erevan e Tbilisi, para regressar a Washington na terça-feira (6).

No Azerbaijão e na Armênia, Hillary vai pressionar por uma resolução dos conflitos da região e reforçar a importância do acesso dos EUA a uma rota terrestre usada para o fornecimento de suprimentos às tropas no Afeganistão.

Na Geórgia, Hillary deve tranquilizar o governo do presidente Mikhail Saakashvili e garantir que ainda tem o apoio dos EUA, apesar da tentativa de Washington de melhorar as relações com a Rússia.

veja também