MENU

Hospital engana-se ao identificar amigas vítimas de acidente nos EUA

Hospital engana-se ao identificar amigas vítimas de acidente nos EUA

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 3:31

Autoridades acusaram um hospital de ter errado na identificação de duas amigas depois de um acidente de carro no estado americano do Arizona.

Abby Guerra, de 19 anos, foi inicialmente listada como morta na cena do acidente, ocorrido em 18 de julho. Sua amiga Marlena Cantu, de 21 anos, teria sobrevivido em estado grave.

Mas, no sábado, suas famílias descobriram que tinha acontecido o contrário. A estudante de emfermagem Abby estava hospitalizada em estado grave, com lesão cerebral, no pulmão e fraturas. E Marlena já estava morta desde o dia do acidente.

As autoridades de saúde do condado de Maricopa disseram que a autópsia ocorreu cinco dias depois do acidente, porque havia acúmulo de trabalho. Um exame de arcadas dentárias só foi feito no dia seguinte, e mostrou a troca.

"É um milagre, mas... você fica com raiva, porque nós ficamos a semana inteira de luto", disse Dorenda Cisneros, tia de Abby, à TV local no domingo.

As duas estavam em um grupo de cinco antigos amigos de escola em Glendale, próximo a Phoenix, que voltava da Disney, quando o pneu do utilitário em que viajavam furou. O motorista perdeu o controle, e o carro virou várias vezes.

O motorista, Tyler Parker, de 20 anos, morreu no dia seguinte no hospital, em Phoenix. A jovem que se acreditava ser Marlena e outra pessoa sofreram ferimentos graves e foram levadas ao mesmo hospital.

A situação "devastou" os pais de Marlena, segundo Colleen Donovan, amiga da família.

"Todos os dias nos íamos ao hospital com a esperança de que ela estava mais um dia viva, e daí descobrimos que não", disse a um jornal local.

veja também