MENU

Incêndio em acampamento cigano mata 4 crianças na Itália

Incêndio em acampamento cigano mata 4 crianças na Itália

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 9:42

Quatro crianças de uma mesma família morreram em um incêndio numa área ocupada por membros da etnia roma (ciganos), o que levou o prefeito da capital italiana a solicitar poderes especiais para transferir os moradores para outro local.

A polícia disse que três meninos e uma menina, com idades de 4 a 11 anos, morreram por causa do incêndio no seu barraco de madeira, na noite de domingo, nos arredores de Roma. A mãe das crianças tinha saído para comprar comida, e outros parentes adultos estavam apanhando água.

O incêndio provavelmente foi causado por uma brasa do fogareiro usado para aquecer o barraco, segundo as autoridades. A área já foi ocupada, esvaziada e reocupada várias vezes nos últimos anos. O prefeito Gianni Alemanno criticou a burocracia que estaria retardando a transferência dos nômades para locais mais seguros. Ele disse que pedirá ao governo nacional poderes extraordinários para interditar ocupações ilegais, e para transferir os ciganos a locais adequados.

Os ciganos, oriundos principalmente da Romênia e Bulgária - que são países da União Europeia - compõem uma grande parcela dos estrangeiros que entram anualmente na Itália. A maioria não se integra à sociedade local, e muitos pedem esmolas nas esquinas ou lavam parabrisas para ganhar alguns trocados.

No ano passado, a Comissão Europeia recriminou a França por expulsar mais de 8 mil ciganos.      

veja também