MENU

Inundações deixam cerca de cem mortos na China, dizem agências

Inundações deixam cerca de cem mortos na China, dizem agências

Atualizado: Domingo, 19 Junho de 2011 as 9:44

Chuvas torrenciais nas regiões sul e leste da China mataram mais de cem pessoas e levaram à retirada de cerca de 500 mil de áreas rurais devastadas nos últimos dias, diz reportagem da agência Reuters com informações da mídia local neste domingo (19). Há 78 pessoas desaparecidas, de acordo com a agência EFE, que cita dados do Ministério de Assuntos Civis.

Motorista enfrenta alagamento após ônibus parar em túnel

 inundado em Wuhan, na província de

Hubei, na China, no sábado (18) (Foto: China Daily/Reuters)

  De acordo com o escritório do Ministério, mais de três milhões de pessoas foram afetadas pelas inundações e chuvas torrenciais, que atingiram 13 divisões administrativas da China, especialmente na bacia do rio Yangtzé, a mesma onde nos primeiros cinco meses do ano muitos lagos e rios secaram.

Uma das províncias mais afetadas pelas inundações é a de Zhejiang, na costa leste da China e a zona mais próspera do país, onde o rio Qiantang, principal da província, atingiu seu nível máximo em 50 anos.

Estudantes chineses improvisam ponte em escola

inundada em Wuhan, na província chinesa de Hubei

no sábado (18) (Foto: AFP)

  Informações da agência oficial "Xinhua" assinalaram que mais de dois milhões de pessoas foram afetadas só nessa província, enquanto mil empresas da zona foram obrigadas a parar suas operações.

No mesmo período do ano passado, as chuvas causaram mais de 4,3 mil mortes, na temporada mais catastrófica dos últimos 12 anos.

Semanas de tempestades na província de Zhejiang causaram danos de cerca de US$ 772 milhões, reduzindo a produção vegetal em 20% e elevando os preços dos alimentos em até 40%, segundo a agência Reuters.          

veja também