MENU

Irã está pronto para negociar questão nuclear com potências, diz presidente

Irã está pronto para negociar questão nuclear com potências

Atualizado: Quinta-feira, 26 Janeiro de 2012 as 2:11

O Irã está disposto a iniciar negociações nucleares com as grandes potências, ao contrário do que apregoam os países ocidentais, afirmou nesta quinta-feira (26) o presidente Mahmud Ahmadinejad, que também  minimizou o impacto das novas sanções econômicas adotadas contra Teerã.


"Eles afirmam que o Irã evita as negociações, mas isso não é verdade", disse Ahmadinejad durante uma viagem ao interior do país, referindo-se às declarações de vários líderes ocidentais, que pedem que o Irã retorne à mesa de negociações.

"Por que deveríamos fugir das negociações? Quem tem o direito ao seu lado não teme as negociações", disse Ahmadinejad, de acordo com o site da televisão estatal iraniana.
O presidente também criticou os ocidentais ao afirmar que "adotam essas resoluções (de sanções) antes das negociações para perturbá-las".
Os principais líderes europeus e americanos manifestaram nos últimos dias o desejo de ver o Irã de volta a negociações "sérias" com o grupo dos 5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido e França, além da Alemanha), e que o cabe agora aos iranianos tomar uma iniciativa.


A União Europeia reafirmou na segunda-feira que "espera uma reação" do Irã a uma proposta de retomada das negociações, apresentada em outubro pela chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton.
A União Europeia já adotou sanções contra as exportações de petróleo do Irã e contra seu Banco Central.
Em seu discurso desta quinta-feira, Ahmadinejad disse que o país "não será afetado" pela nova rodada de sanções petroleiras.
"Em outra época, 90% de nosso comércio era feito com a Europa, mas agora está em apenas 10%", disse Ahmadinejad. "Há 30 anos que os Estados Unidos não compram petróleo do Irã e não mantêm relações com o nosso Banco Central", acrescentou o presidente iraniano.


"O povo do Irã não será afetado", afirmou.

veja também