MENU

Itália enfrenta risco de tsunami por erupção de vulcão submarino

Itália enfrenta risco de tsunami por erupção de vulcão submarino

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

As costas do sul da Itália correm o risco de sofrer um tsunami, já que há risco de as paredes de um vulcão submarino romperem, segundo informou um vulcanólogo italiano no começo desta semana.

A ruptura das paredes do vulcão poderão causar "o derramamento rápido da matéria, o que provocaria um forte tsunami nas costas de Campania, Calábria e Sicília", afirmou Enzo Boschi, presidente do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV) em uma entrevista ao jornal "Corriere della Sera".

O vulcão submarino Marsili, o maior da Europa, encontra-se no golfo de Nápoles, a 150 km da costa da Campania.

"[As paredes] podem cair amanhã. Nossos estudos detectaram uma notável fragilidade nas paredes do vulcão, que contém uma grande quantidade de magma. Tudo parece indicar que o vulcão está ativo e poderá entrar em erupção a qualquer momento", declarou.

Marili tem uma estrutura imponente de 70 km de comprimento por 30 km de largura e uma altura de 3.000 metros. A cratera encontra-se a 450 metros abaixo da superfície do mar, segundo o jornal.

"A ruptura das paredes causaria o movimento de milhões de metros cúbicos de materiais capazes de produzir uma onda enorme. Os dados são exatos, mas não é possível fazer previsões. O risco é real, mas difícil de avaliar", concluiu o especialista.

veja também