MENU

Japão e China oferecem doação de US$ 4 mi ao Chile

Japão e China oferecem doação de US$ 4 mi ao Chile

Atualizado: Segunda-feira, 1 Março de 2010 as 12

O Japão anunciou hoje que doará até US$ 3 milhões ao Chile para auxiliar o país a se recuperar do terremoto de magnitude 8,8 na escala Richter que matou mais de 700 pessoas no sábado. A China também anunciou uma doação, de US$ 1 milhão. O governo japonês ainda deve enviar uma equipe médica e suprimentos de emergência estimados em 30 milhões de ienes (US$ 336 mil).

Entre os itens enviados haverá tendas, purificadores de água e geradores de eletricidade, segundo o chefe-de-gabinete do governo, Hirofumi Hirano. O Japão, que sofre aproximadamente 20% dos terremotos mais violentos registrados, geralmente oferece auxílio às vítimas dos tremores pelo mundo.

Já a China anunciou hoje, em comunicado postado no site do Ministério do Comércio, que doará US$ 1 milhão ao Chile para ajudar com os esforços humanitários emergenciais. O presidente chinês, Hu Jintao, enviou uma mensagem à presidente do país sul-americano, Michelle Bachelet, oferecendo assistências e expressando pesar pela tragédia, informou Pequim, ontem.

Além das centenas de mortes, o tremor causou sérios danos à infraestrutura chilena. A China, que sofreu um forte abalo na província sudoeste de Sichuan, em 2008, enviou dezenas de funcionários do setor de saúde ao Haiti para ajudar após o devastador terremoto ocorrido na ilha caribenha no dia 12 de janeiro, que deixou mais de 200 mil vítimas. As informações são da Dow Jones.

veja também