MENU

Japão tem novo ministério para tentar retomar crescimento

Japão tem novo ministério para tentar retomar crescimento

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 10:21

O Japão estreou nesta sexta-feira (14) um novo governo levemente renovado com quatro novos rostos, dirigido pelo primeiro-ministro de centro-esquerda Naoto Kan, que quer reativar o crescimento e reduzir a dívida pública.

A nova equipe de Kan, que sucede a nomeada há menos de quatro meses, tem 17 componentes, e quatro deles são novos rostos.

Os titulares dos principais ministérios - Exteriores, Defesa, Finanças - mantiveram suas pastas.

A única novidade é a chegada de um ex-ministro de Finanças da oposição conservadora, Kaoru Yosano, de 72 anos, ex-ministro das Finanças do último governo conservador deposto em agosto de 2009 pela vitória, nas legislativas, do Partido Democrata do Japão (PDJ), de Kan.

Yosano é a favor de aumentar a taxa ao consumo para reduzir a dívida pública. Ele foi nomeado ministro delegado para a Política Econômica e Orçamentária, com a missão de ajudar o ministro das Finanças, Yoshihiko Noda, de 53 anos, a restaurar o equilíbrio das contas japonesas.

Depois de apenas sete meses no poder, Kan, de 64 anos, sofreu uma forte queda nas pesquisas. Sua taxa de popularidade oscila ao redor de 20%, enquanto a dívida pública é aproximadamente de 200% do Produto Interno Bruto e o envelhecimento da população pesa nas ajudas sociais e no sistema de saúde.

Seu trabalho é mais difícil pois a oposição de direita, liderada pelo Partido Liberal Democrata (PLD, conservador) e o Novo Komeito tomou conta do Senado.

veja também