MENU

Jornal francês chama polícia do Rio de "criminosa"

Jornal francês chama polícia do Rio de "criminosa"

Atualizado: Terça-feira, 27 Outubro de 2009 as 12

Jornal francês chama polícia do Rio de "criminosa"

O jornal francês Le Monde fez duras críticas nesta terça-feira, 27, à Polícia Militar do Rio de Janeiro. Num artigo com o título "No Rio de Janeiro, uma polícia com comportamento criminoso", o jornal destacou o episódio que envolveu o assassinato do coordenador do grupo AfroReggae, Evandro João da Silva, e o roubo de sua jaqueta e seu tênis por policiais no último dia 18.

Para o jornal francês, o caso é um sinal da "gangrena" sofrida pela polícia do Rio. O artigo diz ainda que a corporação é  "frequentemente corrompida e brutal" e "goza de má reputação".

"O caso é ainda mais comovente porque a vítima, nascida em um favela do norte do Rio e respeitada por sua coragem e obstinação, havia se tornado um 'mediador de conflitos', principalmente entre as gangues de narcotraficantes", afirmou o jornal.

O Le Monde lembra que o trabalho de Silva era o de "tentar converter os mais jovens a uma cultura de paz".

"O caso chama atenção pela gangrena que ronda a instituição (da Polícia Militar): nos últimos dois anos, mais de 1.700 policiais foram excluídos da corporação."

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também