MENU

Juiz se recusa a casar homem negro e mulher branca nos EUA

Juiz se recusa a casar homem negro e mulher branca nos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 16 Outubro de 2009 as 12

Um juiz de paz se recusou a casar um homem negro e uma mulher branca no Estado americano da Louisiana (sul), alegando que os filhos do casal seriam discriminados na comunidade. Keith Bardwell, juiz de paz em Tangipahoa Parish afirmou ao jornal Hammond Star:

''Não sou racista. Organizo cerimônias para casais negros aqui mesmo, na minha casa. Penso em primeiro lugar nos filhos''.

Bardwell disse ao jornal que os casamentos mistos não duram muito tempo, e que os filhos nascidos de uma união deste tipo não são aceitos nem pela comunidade negra, nem pela branca. O juiz ainda disse:

''Não faço casamentos mistos porque não quero impor às crianças uma situação que não desejaram. No meu coração, sinto que os filhos sofrerão depois''.

Beth Humphrey, que é branca, e Terence McKay, que é negro, foram finalmente casados por um juiz de paz em uma comunidade vizinha. A recém-casada afirmou:

''Ainda não consigo acreditar que ele tenha feito isso. É um caso de discriminação flagrante''.

O casal pretende entrar com um processo contra o juiz Bardwell, e a Associação de Defesa das Liberdades Civis (ACLU) pediu uma punição imediata ao juiz de paz.

veja também