MENU

Justiça da Suécia nega apelação de Assange contra acusações

Justiça da Suécia nega apelação de Assange contra acusações

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 9:55

 A Suprema Corte da Suécia rejeitou nesta quinta-feira, 2, a apelação de Julian Assange, fundador do site WikiLeaks, contra as acusações de estupro e molestamento.   A promotoria sueca iniciou em setembro uma investigação contra Assange por acusações de estupro, molestamento sexual e coerção ilegal. No dia 18 de novembro, uma corte sueca ordenou a detenção dele.

Assange nega as acusações de estupro e coerção ilegal que levaram a Justiça sueca a emitir a ordem de prisão, transmitida mundialmente na terça-feira pela Interpol. O recurso foi apresentado na terça-feira pelo advogado de Assange, Bjorn Hurtig.   Assange diz que as alegações não têm fundamento e criticou o que qualificou de "circo" na Suécia, onde ele procurava manter uma base para se beneficiar das rigorosas leis de proteção a jornalistas.    

veja também