MENU

Justiça do Congo julga ex-vice-presidente do país

Justiça do Congo julga ex-vice-presidente do país

Atualizado: Segunda-feira, 22 Novembro de 2010 as 10:15

O ex-vice-presidente da República Democrática do Congo, Jean-Pierre Bemba, chega nesta segunda-feira (22) ao banco dos réus do Tribunal Penal Internacional (TPI), que pela primeira vez julga um alto funcionário do país por crimes de guerra.

Os dois julgamentos que já foram abertos no TPI são contra ex- rebeldes congoleses, mas até agora nenhum ex-líder político de destaque - como é o caso de Bemba - havia sido julgado.

É também a primeira vez que um rebelde congolês responde a acusações de crimes supostamente cometidos no país, já que os processos contra Thomas Lubaga, Germain Katanga e Mathieu Ngudjolo Chui se referiam a fatos ocorridos no Congo.

O julgamento, que será presidido pela juíza brasileira Sylvia Steiner, será iniciado nesta segunda-feira com a exposição das alegações iniciais da Promotoria, que deve chamar cerca de 40 testemunhas durante o processo.

Jean-Pierre Bemba, de 48 anos e vice-presidente congolês de 2003 a 2006, responderá a cinco acusações de crimes de guerra supostamente cometidos entre 2002 e 2003.

Quando comandava o Movimento de Libertação do Congo (MLC), Bemba ajudou o então presidente do Congo, Ange-Félix Patassé, que lhe pediu apoio para sufocar um golpe liderado pelo rebelde François Bozizé, que conseguiu chegar ao poder no país.

A Promotoria do TPI defende que as tropas de Bemba cometeram sob seu comando assassinatos e pilhagem no Congo e usaram o estupro de mulheres como uma arma de guerra para aterrorizar a população.    

veja também