MENU

Justiça do México investiga grupo que afirma executar traficantes

Justiça do México investiga grupo que afirma executar traficantes

Atualizado: Terça-feira, 27 Setembro de 2011 as 9:06

A justiça do México anunciou que investiga a origem de vídeos que circulam na internet nos quais um grupo armado afirma que executa ações de "aniquilamento" de membros do cartel Los Zetas no estado de Veracruz, leste do país.

"A promotoria abriu uma investigação a partir dos vídeos. A organização criminosa denominada Los Zetas deve ser derrotada, mas isto deve acontecer pela via legal e nunca com métodos fora da lei", afirma um comunicado da secretaria de governo e da Procuradoria Geral.

Nas últimas horas, vários sites divulgaram um vídeo no qual um grupo armado ("Mata Zetas") afirma que busca "erradicar pela raiz" o cartel dos Zetas em Veracruz. Também pedem desculpas ao governo e à sociedade caso suas ações sejam consideradas "ofensivas".

"No México não há espaço para a manifestação ou ação de pessoa, grupo ou organização que atente ou violente o Estado de Direito, independente da causa, motivação ou finalidade", completa o comunicado da promotoria.

Segundo a imprensa de Veracruz, o grupo "Mata Zetas" estaria ligado ao cartel do Golfo, que atua no estado vizinho de Tamaulipas e que há duas décadas recrutou como braço armado os Zetas, ex-militares de elite com os quais rompeu em 2010.

Atualmente os dois grupos travam uma disputa extremamente violenta.

Mais de 41 mil pessoas morreram no México em disputas entre os cartéis de drogas ou operações federais desde deembro de 2006, quando o governo iniciou uma ofensiva antidrogas com mais de 50 mil militares.        

veja também