MENU

Liberal britânico volta atrás e aceita coalizão

Liberal britânico volta atrás e aceita coalizão

Atualizado: Terça-feira, 27 Abril de 2010 as 12

Um dia após dizer não à hipótese de participar de um governo de coalizão formado pelos partidos Trabalhista e Liberal, o candidato centrista à eleição na Grã-Bretanha, Nick Clegg, mudou de opinião e afirmou que pode formar um governo com os trabalhistas, mas não com o premier Gordon Brown. "Não acho que os britânicos o queiram mais como primeiro-ministro", disse.

A mudança do discurso veio após uma batelada de críticas de líderes políticos do país, que advertiram para o risco de divisão do Parlamento em três forças, o que impediria a formação de um governo forte. As declarações de Clegg sobre a hipótese de coalizão com os trabalhistas foram feitas à BBC no domingo. O liberal disse considerar "absurda" a ideia de que um partido acabe em terceiro na contagem geral dos votos, mas nomeie o premier.

Com a resposta, Clegg quis desmentir os rumores de que seu partido pudesse formar uma aliança com os trabalhistas para evitar a posse do conservador David Cameron.

veja também