MENU

Líder tchetcheno assume autoria de atentado em Moscou

Líder tchetcheno assume autoria de atentado em Moscou

Atualizado: Quarta-feira, 31 Março de 2010 as 12

O líder rebelde tchetcheno Doku Umarov assumiu a responsabilidade pelos ataques suicidas que mataram 39 pessoas na segunda-feira no metrô de Moscou, segundo um vídeo divulgado por um site islâmico não-oficial nesta quarta-feira, dia 31.

Umarov, que se denomina "Emir dos Emirados do Cáucaso", diz no vídeo que ele ordenou pessoalmente os ataques. Ele afirmou que os atentados vão prosseguir.

Mais cedo, um porta-voz do grupo havia negado participação nos ataques.

"Não fomos nós que organizamos o ataque em Moscou e não sabemos quem foi", havia afirmado Shemsettin Batukaev, em uma entrevista à Reuters em Istambul, onde vive. Segundo o porta-voz, o grupo não tem o objetivo de atingir alvos civis. No mês passado, Doku Umarov havia conclamado a população à insurgência em diversas cidades russa no Cáucaso.

Analistas de segurança apontaram a organização como uma suspeita em potencial pelo ataque, já que as duas mulheres apontadas como responsáveis pelo ataque tem conexões com a região norte do Cáucaso. O FSB, principal órgão envolvido na luta antiterrorista, alega que os dois atentados foram organizados por grupos terroristas do norte do Cáucaso instalados na Rússia.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira, dia 31, que um único grupo pode estar por trás dos ataques a bomba nesta semana em Moscou e na região autônoma do Daguestão, no Norte do Cáucaso.

veja também