MENU

Lula conversou por telefone com presidente eleito da Colômbia

Lula conversou por telefone com presidente eleito da Colômbia

Atualizado: Sexta-feira, 30 Julho de 2010 as 3:17

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou nesta sexta-feira (30) por telefone com o presidente eleito da Colômbia, Juan Manuel Santos. Segundo o porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, Lula considera que o telefonema "foi positivo e ajudou na preparação para a distensão do cenário” de crise entre a Venezuela e o governo colombiano. A posse de Santos está marcada para o dia 7 de agosto.

O porta-voz afirmou ainda que o presidente considera “superada” a polêmica acerca das críticas feitas pelo atual presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, a declarações de Lula. “Quanto à questão das declarações da Presidência colombiana, Lula acha que esse episódio está superado. Não comentou e não comentará”, afirmou Baumbach.

Nesta quinta (29), Uribe disse “deplorar” o fato de Lula se referir à crise diplomática como se fosse um "caso de assuntos pessoais" . "O presidente da República deplora que o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, com quem temos cultivado as melhores relações, se refira a nossa situação com a República Bolivariana da Venezuela como se fosse um caso de assuntos pessoais, ignorando a ameaça que, para a Colômbia e o continente, representa a presença dos terroristas das Farc neste país", disse, em comunicado oficial.

O governante colombiano se referia a declarações feitas no dia anterior pelo colega brasileiro. Na quarta (28), durante visita do presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, Lula afirmou que é preciso "ter paciência" e esperar a posse de Santos para que o conflito seja revolvido.

A Colômbia denunciou diante da Organização dos Estados Americanos (OEA) que na Venezuela estão escondidos em torno de 1.500 guerrilheiros colombianos, acusação negada por Caracas e que provocou a decisão do governo de Hugo Chávez de romper relações com o país no último dia 22 de julho

veja também