MENU

Lula diz que pretende conversar com Obama sobre embargo a Cuba

Lula diz que pretende conversar com Obama sobre embargo a Cuba

Atualizado: Quarta-feira, 16 Setembro de 2009 as 12

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira, 16 de setembro, que pretende conversar com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante a reunião do G-20, em Pittsburgh (EUA), sobre a renovação do embargo econômica a Cuba. Nesta segunda-feira, o governo Obama emitiu um memorando informando que renovaria por mais um ano o embargo, que dura desde 1963.

"Eu vou encontrar com o Obama agora em Pittsburgh e eu talvez converse com ele, porque eu não entendi bem a posição dos Estados Unidos", comentou Lula ao ser questionado sobre a manutenção do embargo.

Contudo, Lula salientou que não pode contestar uma decisão soberana do governo dos Estados Unidos. "Mas, de qualquer forma, quem sou eu para questionar a posição soberana de um chefe Estado", disse.

Questionado se a decisão de Obama atrapalhava na relação dos Estados Unidos com a América Latina, Lula disse que não. "Não, não atrapalha. Nós ainda precisamos construir muita coisa na relação da América Latina com os Estados Unidos", analisou.

Na segunda-feira, dia 14, ao saber da decisão dos Estados Unidos, o assessor especial de Lula para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, disse que o presidente Obama estava frustrando as expectativas da América Latina.

veja também